Notícias

Clemente Ganz Lúcio

Salário Mínimo na Espanha sobe para 1000 euros a partir de janeiro

O acordo celebrado pelas Centrais Sindicais protege mais de 1,8 milhões de trabalhadores, na grande maioria mulheres e jovens inseridos no setor de serviços e no meio rural. Clemente Ganz Lúcio A Espanha deu mais um importante passo para aumentar a base salarial de toda a economia do país. O acordo foi celebrado pelo governo (coalização do PSOE e Unidos Podemos) e pelas Centrais Sindicais CCOO e UGT nesta terça-feira (08/02/22) sem a participação da representação dos empregadores, que se negaram a participar e o criticaram. Esse acordo será aprovado pelo Conselho de Ministros no dia 22 próximo. O salário...

Centrais reafirmam à Fiesp a necessidade da retomada do desenvolvimento

Os presidentes da Força Sindical, Miguel Torres, da CUT, Sérgio Nobre, da IndustriAll Brasil, Aroaldo Silva, e da Fequimfar (Federação dos Químicos do Estado de SP), Sérgio Luiz Leite, o Serginho, reuniram-se nesta quinta, 10 de fevereiro de 2022, com o novo presidente da Fiesp, Josué Gomes da Silva, e outros dirigentes da indústria. “Defendemos que o Brasil volte a ter uma forte industrialização, para juntos combatermos o desemprego e gerarmos empregos de qualidade. Também falamos sobre a necessidade de o País reduzir a taxa de juros para beneficiar os setores produtivos ”, diz Miguel Torres, também presidente da CNTM...

Crédito: Tomaz Silva

Brasileiro perdeu 21% do poder de compra em três anos

De acordo com a apuração da reportagem do Estadão, a inflação começou o ano em alta, mas numa velocidade menos acelerada do que a do final de 2021. Para 2022, a perspectiva é de que os preços subam num ritmo que é a metade do registrado em 2021. No ano passado, a inflação oficial ficou em 10,06%, a maior marca anual desde 2017. A reportagem do Estadão destaca ainda que apesar da perda de fôlego registrada em janeiro e também esperada para o fechamento de 2022, o economista Guilherme Moreira, coordenador do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação...

FONTE: Federação dos Metalúrgicos de SP

Diretoria da Federação dos Metalúrgicos de São Paulo toma posse em reunião de trabalho

A nova diretoria da Federação dos Metalúrgicos do Estado de São Paulo, eleita em dezembro do ano passado, tomou posse nesta terça-feira, 08/02, para o mandato de 2022 a 2026 em uma reunião de trabalho. Os 35 sindicatos e seus respectivos representantes que compõem a diretoria entenderam ser a melhor forma de iniciar um mandato diante da atual situação da pandemia e das demais adversidades pelas quais a classe trabalhadora tem passado. Na pauta da reunião, Eleições 2022 e a ação sindical da entidade frente aos desafios colocados para a categoria nos últimos anos foram os temas mais debatidos. “Resolvemos...