Notícias

Solidariedade à repórter Laurene Santos

Nesta segunda, 21 de junho de 2021, o presidente da República novamente demonstrou sua total incapacidade de lidar com a imprensa, a liberdade de expressão e a democracia. Ao ser questionado pela repórter Laurene Santos, da TV Vanguarda, afiliada à TV Globo, sobre a utilização de máscara em sua visita ao Vale do Paraíba/SP, Jair Bolsonaro esbravejou contra a jornalista, xingou a emissora e perdeu totalmente o controle de suas palavras, inclusive com pessoas da sua equipe. Parabéns Laurene, por sua coragem, firmeza e profissionalismo. #SomosTodosLaurene   Miguel Torres Presidente da Força Sindical, CNTM e Sindicato dos Metalúrgicos de São...

Rosa quebra o pé da tropa da cloroquina na CPI

Ao suspender o depoimento de governadores à CPI da Covid, a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, deixou manco o pelotão da cloroquina. A principal estratégia traçada por Bolsonaro para sair das cordas já não fica em pé. O Planalto pretendia empurrar os governadores para o centro do ringue. Rosa informou que a convocação de executivos estaduais pela CPI fere o pacto federativo. Decidiu que, se quiserem, os desafetos de Bolsonaro podem comparecer à comissão como convidados, não como convocados. A pedido de Rosa, a decisão será submetida aos outros dez ministros da Suprema Corte num julgamento virtual que...

Mais de 500 mil vidas

O principal culpado pelas mais de 500 mil mortes por covid no Brasil é o governo federal. Este número com certeza poderia ser bem menor se o governo não fosse negacionista, se não tivesse apostado em remédios sem eficácia comprovada, na tal imunidade de rebanho, e se não agisse politicamente contra as vacinas, o distanciamento social e o uso de máscaras. O momento é de muita indignação, de dor e também de muito respeito às pessoas que faleceram, às que estão adoecidas e às famílias. Perdemos amigos, parentes, colegas de trabalho e de luta e a doença continua perigosa e...

Covid mata por dia o triplo de 5 grandes tragédias somadas. “Ele” debocha…

Circula nas redes um vídeo singelo e pavoroso. Ele dá conta do buraco civilizacional em que nos metemos. Lista quatro tragédias que colheram os brasileiros e a reação dos presidentes de então. E, claro!, relembra as declarações de Jair Bolsonaro sobre os mortos por covid-19. No dia 31 de outubro de 1996, um Fokker 100 da TAM caiu nas imediações do aeroporto de Congonhas. Morreram 99 pessoas. FHC, então presidente, houve por bem se manifestar. Afirmou: "Eu queria apenas expressar, em nome do governo e falando pelo povo brasileiro, um sentimento de profundo pesar, de consternação mesmo, pelo que aconteceu...